domingo, 6 de fevereiro de 2011

Viagem para dentro de si


Uma vez, há milhares de anos, um homem foi condenado por um crime e expulso de sua aldeia. O chefe lhe disse que poderia voltar depois que fizesse uma viagem para dentro de si. O homem não entendeu, mas cumpriu a sentença, deixando a aldeia e sua família e partindo para o mundo. Mais alguns anos se passaram e quando sua filha mais velha estava com quinze anos ele voltou. Procurou o chefe e lhe disse:

- Agora entendo. Fiz a viagem para dentro de mim mesmo e encontrei as coisas que mais temia e escondia. Aqui estão elas. – E confessou todos seus crimes, seus desejos e suas verdades por tanto tempo escondidas.

Dita a verdade, disse o chefe, eu o aceito de volta, agora vá ver sua família. E o homem viveu feliz com os seus até a morte.

2 comentários:

  1. É uma viagem a se fazer, mas que nem sempre dá para voltar.

    ResponderExcluir
  2. Às vezes entramos e não conseguimos sair. Adorei o texto.

    ResponderExcluir